Como sua empresa pode utilizar o big data no RH

Nos últimos dois anos, o mundo corporativo vivenciou grandes transformações e novas formas de produção surgiram.emergiram. Mudanças que já estavam em curso – como simplificação de processos, busca constante por melhores resultados com dinâmicas mais ágeis e investimento maciço em recursos tecnológicos – foram impulsionadas pelas necessidades advindas de um cenário de pandemia e vão se manter como uma nova realidade, já chamada de “sociedade 5.0”.

 

O teletrabalho deixou de ser uma medida de exceção e especialistas apontam que a adoção de modelos híbridos está entre as principais tendências de gestão. Estar atento ao futuro do trabalho, em dia com as atualizações do mercado, é indispensável para um RH estratégico

Um dos grandes desafios para os gestores é se adaptar a essas novas configurações, sem abrir mão de procedimentos seguros e compatíveis com a legislação vigente.

 

Sabemos que a tecnologia é uma grande aliada para lidar com momentos de crise, instabilidade e/ou transformação. E um dos conceitos que vêm ganhando destaque é a utilização do Big Data no RH. Leia os tópicos seguintes para saber mais sobre o assunto!

Como funciona o Big Data no RH?

Já é possível afirmar que o futuro do RH está no Big Data. Mas, afinal, o que isso quer dizer? De que maneira podemos utilizar esse recurso no dia a dia?

 

Entende-se como Big Data um conjunto de metodologias utilizadas para coletar, armazenar, processar e analisar um grande volume de informações, oriundas de fontes diversas. De forma resumida, podemos dizer que o Big Data consegue transformar dados em resultados reais, automatizando e otimizando processos variados – dentre eles, o de gestão de pessoas.

 

Há uma série de dados a respeito de uma empresa que podem ser quantificados e examinados a fim de gerar métricas que orientem ações mais eficientes e eficazes. A princípio, é necessário delimitar quais os elementos mais relevantes para o processo de coleta e análise de dados. 

Tais informações podem ser obtidas em fontes internas ou externas, e, posteriormente, serão unificadas e padronizadas em um único sistema. A próxima etapa é o tão desejado cruzamento de dados, que transforma informações diversas em resultados reais, mensuráveis e aplicáveis em ações estratégicas.

 

Um exemplo prático da utilização do Big Data é o People Analytics. Com essa ferramenta, a partir de dados coletados em fontes distintas – como redes sociais, avaliações de clientes, metadados, etc. –, é possível traçar o perfil comportamental dos colaboradores de uma empresa. 

De posse das análises geradas, gestores são capazes de identificar e avaliar índices de produtividade, fatores motivacionais, aspirações, habilidades, pontos de melhoria e demais parâmetros relevantes para a organização de equipes e a elaboração de estratégias de gestão.

 

Esse é apenas um exemplo de como a utilização de tecnologia no RH pode criar processos mais simples e acurados, gerando um ambiente corporativo otimizado, mais dinâmico e estratégico. Veja, a seguir, os principais ganhos obtidos com a implementação do Big Data no RH.

Quais são as principais vantagens?

Contribuindo para um fluxo de tomada de decisões mais ágil e assertivo, a aplicação do Big Data no RH gera resultados significativos. Listamos as principais vantagens de sua implementação:

Análise e retenção de talentos

Quando aplicado à análise de talentos, o Big Data mensura informações de funcionários atuais e colaboradores em potencial. O objetivo é “ficar de olho” em profissionais que atendam com excelência às demandas da empresa, resultando em melhores contratações, maior produtividade e satisfação da equipe, aumento de qualidade no clima organizacional e redução nos índices de turnover.

Contratações mais assertivas

O Big Data para o RH é fundamental para encontrar colaboradores ideais para preencher as vagas de uma empresa. Cruzando dados fornecidos pelos candidatos em diversas plataformas, é possível determinar quais talentos atendem aos requisitos estabelecidos, proporcionando contratações mais assertivas, que levam em conta não apenas questões técnicas, mas também o alinhamento do funcionário à cultura organizacional.

Melhores treinamentos

O acompanhamento de dados e resultados é fundamental para a produtividade no RH e promove uma melhora contínua na gestão de pessoal, uma vez que torna possível identificar pontos nevrálgicos, criar metas de aprimoramento, implementar programas de qualidade e treinar o time de acordo com as necessidades identificadas.  

Identificação de erros

A rápida identificação de falhas operacionais permite que as empresas invistam em soluções mais eficientes e assertivas, proporcionando um melhor aproveitamento do orçamento e correções imediatas. 

Avaliação de desempenho

Medir com precisão o desempenho dos colaboradores não é tarefa fácil. Com variáveis que vão muito além do número de entregas, a utilização do Big Data é uma escolha acertada para mensurar diversos fatores e avaliar corretamente os índices de atuação dos funcionários.

Com as aplicações de Big Data para RH, é possível gerir grandes demandas de forma segura e otimizada, proporcionando uma atuação mais assertiva e estratégica. Quer saber mais sobre as soluções oferecidas pela Soft Trade para um RH 4.0? Entre em contato com a gente e conheça os nossos produtos!

Relacionados

With over 2,400 apps available in the Slack App Directory.
No items found.